17 de março de 2020 Morar Sozinho

Entenda como está o mercado de trabalho em Londrina e as previsões para 2020

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

Fundada em 1929, quando o cultivo de algodão era a opção econômica mais rentável no norte do Paraná, a cidade de Londrina evoluiu bastante nos últimos anos. Povoada por imigrantes de lugares como Itália e Japão, ela rapidamente se tornou um dos polos econômicos mais importantes do estado paranaense e passou a ser procurada pelos moradores de outras cidades da região por causa de suas oportunidades.

Contudo, como está o mercado de trabalho em Londrina em 2020? É uma boa ideia procurar emprego na cidade? Que áreas estão em crescimento e por quê? Se você está buscando recolocação no mercado ou a sua primeira oportunidade de trabalho e quer encontrar as respostas para essas perguntas, então chegou ao lugar certo.

Acompanhe este post e tenha um panorama econômico do mercado de trabalho em Londrina em 2020.

A economia local

Antes de falarmos das oportunidades que o mercado de trabalho em Londrina oferece, precisamos dar um panorama da cidade. Com pouco mais de 500 mil habitantes, o município tem 80.343 empresas em atividade, sendo 17,4% delas indústrias e 82,2% comércios e serviços. Os outros 0,4% restantes são assumidos pelo agronegócio. Por essa razão, a faixa salarial mais proeminente na região é ocupada pelos domicílios de classe C, que somam mais da metade da população.

Postos de trabalho

Embora a indústria não seja dominante na economia, perdendo espaço para o setor de serviços, é ela que gera a quantidade mais significativa de empregos na região. Segundo a Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Londrina e outras cidades de interior são as que mais se beneficiam da presença industrial e delas depende boa parte da força econômica do norte do Paraná.

As principais manufaturas em Londrina se encaixam nas seguintes categorias:

  • indústria têxtil;
  • tecnologia da informação;
  • indústria de alimentos e bebidas;
  • indústria metalúrgica e mecânica.

Se a participação da Região Metropolitana de Curitiba no número de empregos gerados pela indústria diminuiu em 17% nas últimas duas décadas, a fatia de postos de trabalho ocupados nas manufaturas no interior do estado do Paraná só cresceu. Atualmente, cidades como Londrina e Maringá condensam 23% das vagas de trabalho fabris.

Oportunidades no mercado de trabalho em Londrina

Desde 2019, Londrina tem a melhor geração de empregos na região. Apenas nos seis primeiros meses desse ano foram criados mais de mil postos de trabalho com carteira assinada e há oportunidades para atuar em múltiplos setores da economia londrinense.

O setor com maior abertura de vagas, segundo o Caged, é o de serviços. No entanto, a cidade começa a apresentar recuperação para a crise que enfrentava há pouco e muitas feiras voltadas para a colocação profissional têm sido destaque por aqui. Empregos, estágios e treinamentos em diversas áreas podem ser encontrados nesses eventos, além de cursos gratuitos para ajudá-lo a se atualizar e conseguir um posicionamento ainda melhor.

Empresas como o Grupo Muffato, Grupo Viscardi, Bemis Company, Hydronorth, Mital Corpo e Novo Horizonte são algumas daquelas que participam dessas feiras e chegam a oferecer até 1000 vagas em postos de trabalho em um único evento.

Se está à procura do seu primeiro emprego e de uma oportunidade para construir a sua família, comprar um apartamento e se instalar em uma cidade rica e próspera, essa é uma ótima opção. Aproveite as boas expectativas para o mercado de trabalho em Londrina e alavanque a sua carreira.

Gostou de conhecer mais sobre o mercado de trabalho em Londrina? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais para que os seus amigos também saibam dessas oportunidades!

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!