24 de março de 2020 Como comprar um Yticon

Mercado imobiliário: tendências da Yticon para 2020

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

O mundo vem mudando de forma tão rápida que nem sempre nos atentamos às novidades. Em relação ao mercado imobiliário, muitos fatores devem influenciar as decisões dos investidores neste ano. Entre eles, destacamos as mudanças econômicas, as novidades na arquitetura e as novas tecnologias que estão sendo incorporadas nos projetos imobiliários.

Se você ainda não sabe do que estamos falando, não se preocupe. A ideia deste artigo é justamente atualizar os nossos leitores sobre essas novidades. Vamos lá?

O mercado imobiliário e a economia

2019 foi um ano de retomada econômica. O Produto Interno Bruto brasileiro (PIB) do ano passado fechou em 1,1% de acordo com dados oficiais — e a expectativa para este ano é de crescimento superior a 2%, de acordo com projeções feitas pelo Banco Central.

A taxa Selic, importante instrumento para o controle da inflação, foi reduzida no ano anterior. Isso indica que os juros devem continuar caindo, tornando, entre outras coisas, o financiamento imobiliário mais barato.

Em outubro de 2016, o índice geral do Radar Imobiliário era de 2,6 — em uma escala que vai até 10. Hoje, ele subiu para 4,7. Esse indicador é calculado pela Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), considerando 12 indicadores econômicos diferentes, divididos em cenários macroeconômicos distintos.

Ainda de acordo com a Abrainc, esses dados indicam que o setor imobiliário deve apresentar crescimento nos próximos cinco anos. Trata-se de uma boa notícia, pois esse setor é um grande gerador de postos de trabalho. Além disso, com mais oferta de projetos imobiliários, investidores e compradores ganham mais opções para suas compras.

Brunno Borghesi é Coordenador de Marketing na Yticon. Ele concorda que as instabilidades econômicas prejudicaram o setor imobiliário no passado recente, mas que o cenário para 2020 é mais otimista. “O país reagiu e apresentou melhora na economia e geração de empregos. As pessoas estão mais confiantes para fazer investimentos (tanto na vida pessoal quanto nos negócios) e a taxa de juros é a menor em toda a história desse país”, conta.

Para ele, a taxa de juros reduzida deve estimular os compradores a realizarem o objetivo de adquirir um imóvel. “Estamos falando de economia direta para o comprador, pois taxas de juros menores representam parcelas menores e valor final do imóvel mais barato”.

Primeiro imóvel

Para aqueles que querem sair do aluguel neste ano, mas que ainda se sentem inseguros diante da compra do primeiro imóvel, Bruno Borghesi dá algumas dicas, começando pela avaliação correta da localização. “Em que região a pessoa quer morar? Na região central da cidade, perto do trabalho, em um bairro mais tranquilo e sem congestionamento ou próximo dos familiares? Além disso, avaliar também a localização, os acessos para chegar ou sair de casa, se há comércio bacana no entorno (mercado, farmácia, shopping, escola para os filhos) ”, ensina.

Outro ponto que merece atenção é a planta do imóvel. “Se a pessoa é solteira, se vai se casar ou se quer um quarto a mais para receber visitas, ela vai precisar de um imóvel um pouco mais espaçoso. Existem diversas opções de plantas e é necessário avaliar qual vai atender melhor ao seu dia a dia”.

Por fim, Brunno fala da importância de procurar empresas com renome no mercado na hora de comprar um imóvel. “Ninguém quer investir um monte de dinheiro e ficar sem apartamento entregue no prazo, não é mesmo? Por isso, pesquisar bem sobre a construtora que fará a edificação é o primeiro passo para que tudo dê certo na compra do seu apartamento na planta. A Yticon é uma das empresas mais confiáveis do mercado porque ela tem respaldo do grupo a que pertence, a A. Yoshii, com muitos anos de mercado — nem toda construtora tem histórico tão positivo. Certifique-se de conhecer a opinião de outros clientes antes de comprar o seu imóvel na planta. Isso evitará dores de cabeça no futuro”, aconselha.

Novidades na Yticon

A Yticon está atenta às mudanças no perfil das pessoas — e das novas necessidades que elas têm em relação à moradia. “Um ponto que faz com que a Yticon seja diferente das outras construtoras é a nossa capacidade de inovar. O conceito de Compartycon nasceu em 2016 e gerou o primeiro apartamento do “Minha Casa, Minha Vida” com traços de economia compartilhada. Kits de ferramentas, bicicletário, kits esportivos e reserva de espaços: tudo isso está incluso nas obras com Compartycon. O Compartycon conta ainda com outros serviços, como lavanderia e camareira, trazendo agilidade e qualidade de vida para o cliente”, explica.

De acordo com Borghesi, esses avanços vão além de aperfeiçoar a infraestrutura, sendo uma maneira da empresa estreitar laços com os seus clientes. “Como você pode ver, a Yticon não lista seus valores apenas para chamar a atenção. Ela vive segundo eles, procurando desenvolver um relacionamento de longa data com o consumidor, em que respeito e comunicação são partes importantes dessa equação”, revela.

Ele ainda afirma que a empresa oferece uma assessoria na hora do financiamento, ajudando o comprador a encontrar as melhores condições do mercado na hora da compra. “A aquisição de um financiamento pode ser desafiadora. Contudo, os nossos clientes permanecem seguros, pois cuidamos também desse processo. Não importa se o apartamento será comprado por meio do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) ou por um contrato firmado com as tradicionais instituições financeiras. Nossos especialistas em assessoria de financiamento enviam documentos pessoais do cliente para diversos bancos, visando encontrar as melhores taxas de juros e parcelas compatíveis com a faixa de renda dele”, esclarece.

Ademais, a construtora atua de forma transparente com os compradores, mantendo-os sempre informados sobre a obra. “Depois da assinatura do contrato de financiamento ou do pagamento da quantia de entrada, no caso dos apartamentos na planta, o cliente recebe mensalmente relatórios sobre o andamento das obras. Essa transparência é disponibilizada por meio do site, do aplicativo ou por e-mails enviados pela Construtora Yticon”, afirma.

Como vimos, a retomada econômica trouxe oportunidades para quem quer investir no mercado imobiliário. Com taxas de juros menores e assessoria na hora de buscar financiamentos, os consumidores conseguem fazer investimentos mais eficientes.

Se você ficou animado com as perspectivas do mercado imobiliário e está pensando em comprar um apartamento na cidade de Londrina, entre em contato com a Yticon. Nossa equipe ficará feliz em ajudá-lo a fazer um bom negócio!

 

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!