26 de maio de 2020 Meu Apê

 Veja os principais tipos de varal para apartamento!

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

Se você fica indeciso sobre qual opção escolher entre os tipos de varal para apartamento, não se preocupe! Saiba que essa é uma dúvida bem comum. Afinal, basta uma pesquisada rápida na internet ou em lojas de utensílios domésticos para se deparar com diferentes modelos.

Pensando nisso, resolvemos ajudá-lo com um post que explica as diferenças entres eles e ainda mostra quais são os pontos positivos e negativos de cada um. Confira!

Os tipos de varal para apartamento

Neste primeiro tópico, você vai ficar por dentro dos três modelos de varal: o de teto, o de parede e o de chão. Fique atento a cada um!

Varal de teto

O varal de teto é, certamente, o mais conhecido e popular. Como o nome deixa claro, ele fica suspenso no ar, pois os suportes dele são instalados no teto. As varetas desse modelo são bem grossas e resistentes, o que permite que ele suporte mais peso de roupa molhada que os demais, especialmente as de cama e banho. Tanto é que o limite de peso do varal de teto é, geralmente, acima de 10 kg. Maravilha, né?

Apesar dessa vantagem, ele tem um ponto negativo: o tamanho. Como costuma ser mais extenso, chegando a ter 1,5 m de largura, em média, ele requer mais espaço livre na área de serviço. Do contrário, os móveis e os eletrodomésticos do local podem acabar molhados e danificados enquanto as roupas secam — algo que, sem dúvidas, não é o seu objetivo!

Varal de parede

O varal de parede, por sua vez, é instalado no topo das paredes e conta com um diferencial: muitas versões são retráteis. Ou seja, as hastes podem ser esticadas quando você precisar estender suas roupas e depois, com um breve empurrão, serem recolhidas até a base.

Isso o torna mais discreto e funcional na decoração, já que ele não fica visível, nem muito menos ocupa espaço o tempo todo. Ah, e ainda dá para colocá-lo em lavanderias mais compactas sem dificuldade. No entanto, é preciso estar atento. Afinal, o limite de peso desse varal é inferior ao modelo de teto — ficando entre 4 kg e 6 kg — já que as varetas são mais finas e, em alguns casos, não são feitas de alumínio, mas sim de plástico.

Varal de chão

Por fim, há o varal de chão que funciona como uma alternativa aos outros dois. Isso porque ele é móvel e dobrável, o que significa duas coisas. A primeira é que ele pode ser inserido em qualquer canto livre da área de serviço, inclusive mais próximo da janela para ficar exposto ao sol e ao vento.

A segunda é que, após o uso, você pode dobrar as pernas dele e deixá-lo apoiado em uma parede ou armário, ganhando, assim, mais espaço para circular. O ponto fraco desse modelo é a altura dele que costuma ficar em torno de um metro. Isso dificulta para estender peças grandes, como toalhas, lençóis, colchas, edredons etc. Já em relação ao peso suportado, ele aguenta até cerca de 8 kg.

Como escolher o modelo mais adequado para o seu lar

Para escolher um modelo sem erro é importante levar em conta dois aspectos. O primeiro e mais importante é o espaço disponível na sua lavanderia, pois o varal — especialmente quando está sendo usado — não pode se tornar um empecilho para você entrar no ambiente e cumprir com os seus afazeres domésticos, não é mesmo?

Para completar, avalie como é a incidência da luz do sol no local, já que isso influencia no tempo que as peças vão levar para secar de acordo com a altura em que elas estão.

Agora que você já sabe quais são os tipos de varal para apartamento, é hora de seguir nossas dicas sobre como escolher o seu e garantir que a área de serviço permaneça funcional, organizada e com o espaço otimizado independentemente do momento.

Gostou do post? Então já sabe: curta a nossa página no Facebook para conferir mais conteúdos sobre decoração, segurança e qualidade de vida para você e sua família!

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!